quarta-feira, 26 de junho de 2013

PULGA EM GATOS E CACHORROS- COMO ACABAR E TRATAR



Eliminar pulgas em cachorros e gatos não é tarefa fácil, pois além de tratar o animal é preciso também cuidar do local onde ele fica e às vezes até eliminar as pulgas de outros pontos pela residência, caso elas já tenham se espalhado.



A maioria das pessoas que possuem animais de pelo em casa sofre com um problema que pode ser transmitido de um para o outro e acabar com o sossego tanto de cães e gatos como de seus donos: a pulga, que são animais que se transmitem facilmente, pois pulam, por causa de suas pernas extremamente fortes e se hospedam em outro animal.


Quem gosta de ter um animal de estimação em casa, sofre com este grande mal que se faz presente não apenas nos cãezinhos de pelo comprido, mas também naqueles de pelos mais curtos. A pulga gosta de umidade e calor, assim ela fica mais alojada em regiões como embaixo das pernas do cachorro e na barriga, atrás da orelha e até dentro da mesma, sendo que sua mordida causa coceira que irrita bastante e se o animal contaminado for alérgico, esta coceira pode causar perda de pelos e até inflamações na pele.



Por isto, além de manter o cãozinho sempre limpo e bem cuidado é sempre bom verificar regularmente se o animal não apresenta sinais de pulgas, fazendo uma verificação minuciosa. Atualmente os pet shops oferecem uma grande variedade de produtos para acabar e tratar o problema, sendo que deve ser tratado o animal e feito a assepsia do local no qual ele vive, também com produtos adequados para este fim.No combate ao problema das pulgas podem ser usados xampus, talcos, spray, coleiras anti-pulgas e até loções, em alguns casos estes remédios, podem ser ingeridos pelo cão e assim combaterá a incubação de novos ovos, o que exterminará as pulgas que não conseguiram se desenvolver na pele do cão.



A limpeza do local onde o qual fica também é de grande importância, para isto deve ser usado inseticidas que eliminam possíveis pulgas adultas que estejam naquele local e possam contaminar o cão.


Além disso, fazer a higiene do cão semanalmente evita que infecções da pele apareçam por causa da pulga, sendo que devem ser procuradas lojas que utilizam materiais de boa qualidade para que não aconteça a contaminação novamente. Um erro muito comum e grave é utilizar venenos indicados por amigos e vizinhos.


É preciso cuidado ao manusear estes produtos e isto deve ser feito somente com a orientação de um profissional. Vá ao Pet Shop mais próximo e adquira produtos corretos para este fim e preste atenção à orientação para que o veneno seja aplicado de forma correta no local, o cão recebe os remédios de forma correta também e assim você eliminará as pulgas e evitará que elas voltem rapidamente.

ENCONTRE O QUE PROCURA

Google+ Followers